Mais acessibilidade no Legislativo de Parobé

Presidente da Apodef visitou o prédio administrativo
Mais acessibilidade no Legislativo de Parobé

Convidado pela presidente do Legislativo e diretor geral, representante da Apodef entregou sugestões para melhorar a acessibilidade no prédio.

A Câmara de Vereadores de Parobé estuda novas formas de ampliar a acessibilidade de pessoas com deficiência no prédio administrativo. Apesar de já contar com um elevador de acesso ao Plenário Municipal desde 2016, o Legislativo Parobeense pretende tornar-se referência em acessibilidade.

Para isso, o presidente da Associação Parobeense dos Deficientes Físicos (Apodef), Darlei Freese, realizou uma vistoria nos espaços do prédio, a fim de detectar o que pode ser melhorado no acesso de pessoas com deficiência.

O convite foi feito pela presidente, Maria Eliane Nunes (MDB), e do diretor geral, Alexandre Boes dos Santos. “Nossa ideia é fazer com que a Câmara esteja aberta a todos. Estamos estudando já uma forma de implantar a tradução em libras nas sessões, e também queremos melhorar a estrutura do prédio para garantir a acessibilidade”, destaca Maria Eliane.

Para o representante da Apodef, existem diversos pontos que podem ser alterados facilmente nos espaços do Legislativo para integrar ainda mais aqueles com algum tipo de deficiência. “Toda e qualquer intenção como esta é muito positiva. Aumentar o acesso aos banheiros, modificar a altura da rampa de acesso, são coisas simples, mas que fazem a diferença”, explica Freese.

Para o diretor geral administrativo, todas as sugestões podem ser realizadas sem que haja alto custo para a Casa Legislativa. “Anotamos todos os pontos que ele nos solicitou e agora vamos viabilizar estas alterações mantendo o princípio da economia”, comenta Santos.

Foto: Eduarda Rocha/Assessoria de Comunicação