Frente Parlamentar vai fiscalizar serviços de saúde em Parobé

Vereadores definiram pauta de trabalho em reunião da tarde de ontem (26)
Frente Parlamentar vai fiscalizar serviços de saúde em Parobé

Grupo de vereadores inicia visita aos postos de saúde nesta semana para verificar a qualidade do serviço oferecido à comunidade.

Com o objetivo de aperfeiçoar as políticas públicas e cobrar mais eficiência nas questões ligadas a saúde do município, os vereadores de Parobé formalizaram na tarde de segunda-feira, dia 26, a criação da Frente Parlamentar em Defesa da Transparência na Saúde.

O grupo idealizado pelo vereador Dari da Silva (PROS), realizará a fiscalização dos serviços de saúde oferecidos à população. “Como vereadores nós temos o dever de fiscalizar. No meu ponto de vista os atendimentos nos postos de saúde e o setor da pediatria são as demandas mais urgentes”, comenta.

As atividades da frente parlamentar foram divididas em etapas. Serão feitas visitas aos postos de saúde, para saber qual o tempo de espera para os atendimentos e se o número de profissionais realizando estes atendimentos estão de acordo com o que foi contratado pelo município. Com a divisão dos trabalhos, cada grupo inicia nesta semana a visita nas Unidades Básicas de Saúde e demais postos localizados em diferentes bairros.

Outro ponto que será avaliado pelo grupo de vereadores, é a transparência dos recursos geridos pelo Hospital São Francisco de Assis a partir de um modelo como o já utilizado no Poder Público.

Para o vereador Jair Bagestão (PT), por utilizar recursos públicos em sua gestão, a Casa de Saúde deve prestar informações claras à comunidade. “Muitas emendas são direcionadas ao hospital, além dos repasses obrigatórios. Acredito que assim como o poder Legislativo e Executivo, deveria haver um portal da transparência para que a comunidade tivesse acesso a estes dados”, salienta.

Também fazem parte da frente parlamentar, os vereadores Alex Bora (PL), Maristela Toffoli (PT), Gilberto Gomes (PRB), Moacir Jagucheski (CIDADANIA), Elario Jahn (MDB), Antônio Carlos dos Santos (PDT) e Enio Terra (PTB).

Foto: Eduarda Rocha/Assessoria de Comunicação