Comércio poderá abrir aos domingos em Parobé

Vereadores aprovaram por maioria alteração no código de conduta do município
Comércio poderá abrir aos domingos em Parobé

Projeto de lei que trata somente sobre a abertura do comércio varejista do município foi aprovado em sessão ordinária.

Os vereadores de Parobé aprovaram por maioria na noite de ontem (19) o projeto de lei complementar que altera os artigos 182 e 183 da Lei Municipal nº 583/1991, permitindo que o comércio varejista do município possa atender também aos domingos e feriados.  

A medida enviada pelo Executivo não inclui os estabelecimentos atacadistas/varejistas, pedido feito durante uma reunião organizada pela Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final. Na ocasião, representantes do Sindicato dos Lojistas (Sindilojas) e Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) opinaram a respeito da alteração, posicionando-se a favor da medida.

Durante a votação do projeto, os vereadores destacaram que a permissão deve seguir as normas estabelecidas na legislação trabalhista. “A principal alteração é a possibilidade de o varejo abrir aos domingos e feriados, uma nova oportunidade para quem investe no comércio local”, comentou o vereador Gilberto Gomes (PRB).

Segundo o secretario de Desenvolvimento Econômico, Eder Pinheiro, a alteração é significativa para que a economia local seja fortalecida. “Desta forma abrimos a possibilidade de avanços na área comercial, expandindo a possibilidade de negócios e também, criando espaços para que novos investimentos se instalem aqui no município”, salienta. 

Empresários comemoram – Para Marciel Dorr, 40 anos, a nova determinação pode abrir novas possibilidades para alavancar suas vendas. Dono de duas lojas, sendo uma delas no ramo da tecnologia e outra voltada ao ciclismo, o comerciante afirma que abrindo aos domingos poderá obter crescimento na clientela. “É uma alternativa muito boa. Podemos criar novas campanhas e ideias, conseguir chegar até aqueles consumidores que trabalham de segunda a sábado”, afirma.  

Porém, o empresário também comenta que o município não possui uma demanda que permita a abertura semanal aos domingos. “Não sei se temos público para abrir todos os domingos, penso que é possível abrir em alguns e criar novas ferramentas para angariar consumidores”, observa.

Foto: Eduarda Rocha/Assessoria de Comunicação 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.