Câmara resgata a história dos 500 anos da Reforma Luterana

Legislativo comemorou a data homenageando as comunidades evangélicas do município
Câmara resgata a história dos 500 anos da Reforma Luterana

Coral da Comunidade Martin Luther (IECLB) apresentou canções alusivas à data

No dia que marca os 500 anos da Reforma Luterana foi comemorado em uma solenidade especial na Câmara de Vereadores de Parobé na noite de ontem (31) no Plenário Municipal. A pedido dos vereadores Enio Terra (PTB) e Gilberto Gomes (PRB), o Legislativo promoveu uma Sessão Solene homenageando as igrejas Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) e Evangélica Luterana do Brasil (IELB).

O evento contou com as presenças do Pastores Elmo e Mariana Kempf, da Comunidade Martin Luther, e Pastor Ismael Verdin, da Comunidade São Lucas. Além disso, a solenidade também recebeu a jornalista Parobeense Daiane Pires, que apresentou o projeto que culminou no livro de sua autoria intitulado “Luthero – Muito Além da Religião”, que será lançado na Feira de Porto Alegre no mês de novembro.

Toda a importância da trajetória de Lutero foi relembrada durante a cerimônia, que destacou as principais influências de seu legado para a sociedade. Para o chefe da Casa Legislativa, as teses de Lutero causaram modificações importantes que culminaram no acesso à educação e transformaram os paradigmas sociais. “A Reforma Luterana contribuiu muito para o desenvolvimento mundial, por isso saudamos hoje as comunidades evangélicas que dão continuidade aos ensinamentos de Lutero e promovem importantes trabalhos sociais junto à comunidade”, destacou Terra.

Em agradecimento a homenagem, o casal de pastores da Comunidade Martin Luther (IECLB), salientou que Lutero também foi um instrumento para levar aos povos o desenvolvimento intelectual e pessoal dos seres humanos. “Sem dúvida o acesso à educação é um dos principais legados deixados por Lutero. Este era um de seus focos principais, para que todos pudessem interpretar a bíblia, mas também para que houvesse a evolução moral, pessoal e intelectual dos indivíduos”, destacaram.

Já o pastor da Comunidade São Lucas (IELB) enfatizou que a grande motivação de Lutero para idealizar a Reforma Luterana foi por meio de sua fé. “Lutero nunca esqueceu que era padre e nunca esqueceu de suas ovelhas. Ele estava aprofundado em seu conhecimento bíblico e aprofundado na Palavra de Deus”, frisou Pr. Ismael Verdin.

Integrantes do Coral da Comunidade Martin Luther (IECLB) também proporcionaram um momento especial para o encerramento da solenidade.  Regidos pela musicista, Olga Dummer, os cantores executaram músicas alusivas aos 500 anos da Reforma. 

Foto: Eduarda Rocha/Assessoria de Comunicação